Início / Cinema & TV / Cinema / Indicação de Filme: O impossível

Indicação de Filme: O impossível

impossivelJá tinha um tempo considerável que eu não assistia a nenhum filme catástrofe, talvez pela própria “receita” já estar um tanto gasta. No entanto resolvi me arriscar nesse filme que trata sobre os eventos ocorridos em na Tailandia em 2004.

A princípio o que me passou uma credibilidade um pouco maior é o elenco, Naomi Watts e Ewan McGregor não costumam se meter em produções que fogem ao meu gosto.

Em Segundo é que não se trata de uma produção americana, mas sim da espanha… isso já deixa tudo mais interessante por duas razões, em primeiro, o cinema espanhol tem produzido filmes com basante qualidade nos últimos anos e mesmo se tratando de um gênero repetido à exaustão pela indústria americana, ainda podemos sentir um diferencial, um toque diferente e é disso que eu estou falando. Outra razão é que não veremos aquelas cenas feitas só pra mostrar efeitos especiais e jogar tudo em 3D na sua cara, mesmo havendo as cenas do Tsunami propriamente dito, elas ocorrem orgânicamente e não são o destaque do filme.

O filme é baseado nos eventos ocorridos com uma família espanhola que estava de viagem, um casal e seus três filhos pequenos, após a chegada ao hotel e a noite de Natal, a família está aproveitando a piscina do hotel, quando já por volta dos 13 min de filme, acontece o Tsunami, as cenas impressionam pelo realismo, e seguem a luta da mãe e do filho mais velho, para ficarem juntos em meio ao mundo de água e destroços que invadem a terra e seguem arrancando tudo o que encontra pela frente. Após o impacto das águas, a violência das águas dá lugar a calmaria, e pode-se ver a destruíção, mesmo nessa cena, não vemos nenhum elemento colocado ali apenas pra chocar… ao contrário vemos um filho lutando da forma que pode para salvar a mãe, e uma mãe mesmo seriamente ferida. Essas cenas, inclusive o resgate de uma criança dentre os destroços, me fizeram lembrar do Mangá “Gen, pés descalsos”, onde após a explosão da bomba, mãe e filho lutam desesperadamente para sobreviverem em meio ao caos.

O Filme tem muitas outras cenas interessantes e marcantes, sem ser excessivamante piegas e melodramático, consegue fugir de todos os clichês possíveis ao gênero!

 

Sobre Redbaron