Início / Cinema & TV / American Horror Story: Murder House, Asylum, Coven e Freak Show.

American Horror Story: Murder House, Asylum, Coven e Freak Show.

 

clown

A série criada por Ryan Murphy (criador de Glee, Nip/Tuck) e produzida por Brad Falchuk. A série teve início em 2011 e foi bem recebida pela crítica.

Murder house: conta a história de uma família que se muda para uma casa que tem histórico de vários assassinatos ao passar dos anos. Logo a família acaba descobrindo algo sobrenatural na casa.

Asylum: mostra um sanatório para criminosos insanos (não, não é o Arkham Asylum) que trata seus pacientes de uma forma bem peculiar. Dentro do sanatório acaba acontecendo vários assassinatos que acabam intrigando a responsável pelo lugar, irmã Judy.

Coven: uma escola em Nova Orleans, para bruxas que sobreviveram ao julgamento de Salém recebe várias bruxas adolescentes há vários séculos com intuito de desenvolver seus dons.

Nessa nova temporada temos um pequeno circo que chega a cidade de Jupiter, Flórida. Este circo chega com apresentações um tanto quanto peculiares, são pessoas com deficiências físicas e mentais, denominadas ´´freaks´´.

Com a chegada do circo, vários assassinatos em série começam acontecer na cidade, onde os artistas acabam sendo suspeitos de serem assassinos.

AHS conta com um elenco fixo como, Jéssica Lange (Cabo do Medo, Big Fish, King Kong), Evan Peters (Kick-Ass, Quebrando Regras), Frances Conroy (Mulher Gato, Angela). Essa temporada de Freak Show tem Angela Basset (Estranhos Prazeres, Macolm X), Kathy Bates (Titanic, Meia-noite em Paris), e também conta com o elenco ´´fReAk´´ sensacional!!

Essa temática ´´freak show“ é trabalhada há muito tempo. Na década de 20 tinha esse tipo de circo freak, onde os palhaços eram substituídos por pessoas deficientes que tinham alguma habilidade.

Vejam esse filme de 1932, inspiração total para AHS: Freak Show.

Sobre Monik Freitas

Amante da música, filme e boa cerveja. Ahh! Também amo livros, cerveja, séries, HQ´s, Robert Crumb e Milo Manara Formada em cinema, 32, mãe.

Leia Também

Cadê o cigarro de John Constantine? Vocês vão salvar a série?

  Olá pessoas! Vocês estão acompanhando a série Constantine, o que estão achando? Quando falaram …

Dica para o final de semana: Tammy: a nova comédia da Melissa McCarthy.

A linda da Melissa McCarthy está deslumbrante em Tammy, sua nova comédia. O filme é …

  • Como fã incondicional de AHS tenho que dizer, Freak Show está se tornando a melhor temporada de todas, antes este posto pertencia na minha humilde opinião a Murder House, nada supera Tate Langdon.
    Porém esta temporada tem superado todas as expectativas, e finalmente voltou a se enquadrar nos seu formato de histórias de horror.
    Entre todas as temporadas Asylum para mim foi a pior, embora agora em Freak Show tenhamos algumas informações que referenciam a segunda temporada, espero que Ryan se supere com essa temporada, afinal é despedida da nossa diva Jessica.

    • Monik Freitas

      Somo fã, eu também amo!
      Como eu adoro coisas freak com uma pitada de sexo, por isso, amo AHS um máximo!

      Espero do meu coração que a Jessica Lange não saia, mas se sair, ele sempre será nossa diva.

      Beijo freak!

  • Monik!
    Tenho acompanhado AHS por vários motivos, mas o principal é que meu pai foi homem de circo na década de 30 e contava muito de suas aventuras para nós que ficávamos fantasiando. Claro que ele trabalha em circos como Orlando Orfeu e outros, mas sempre sabia das histórias de horrores que havia pelo mundo afora e aqui no Brasil. As barbáries que hoje assistimos como ficção, mas que realmente aconteciam…
    cheirinhos
    Rudy

  • Não sei pra que a crítica? não entendo de verdade. Isso existe e estão por aí, acho super demais mostrarem isso, e um pouco da mente que funciona deste modo. E gosto ainda mais quando se há vários suspeitos, com os assassinatos. É bem antigo o filme, adoro filmes dessa época, eram tão diferentes e mais com histórias do que os de hoje, mas claro que tem exceção Muito legal o trailer, quero assistir, amo descobrir.
    Beijos Monik, ThayQ.