Início / Literatura / Resenhas de Livros / Resenha | Drácula Apaixonado, de Karen Essex

Resenha | Drácula Apaixonado, de Karen Essex

O ano é 1980, e a jovem professora Mina Murray está comprometida com o homem dos seus sonhos. Mas seus frequentes pesadelos estão prestes a revelar algo que há séculos atormenta sua alma: ela é objeto de desejo do intrigante conde Drácula. Quando o noivo parte em uma viagem a trabalho, ela decide passar um tempo em Witby com sua querida amiga Lucy e a mãe dela. Mas então coisas terríveis acontecem, e Mina é levada em uma viagem mítica muito além da compreensão humana, na qual se vê obrigada a tomar uma decisão adiada por quase um milênio.

“Você deve se tornar quem realmente é”.  ( Friedrich Nietzche)

…”Devemos temer menos os monstros e tomar mais cuidado com os da nossa espécie.” (Mina Murray)

Resenha

Drácula Apaixonado é um misto de terror, romance e erotismo, onde Karen de maneira magistral vira de cabeça para baixo o Clássico Drácula de Stoker, e à sua maneira consegue fazer com que a essência seja tão perfeita e tocante quanto.

Os nomes fictícios são quase todos do Clássico Drácula, exceto o personagem Morris Quince, que antes era Quincey P. Morris um típico caubói norte-americano, e o Dr. Von Helsinger que antes de Amsterdã, nesse da Alemanha.

Mina quando criança, era diferente de outras crianças, ouvia vozes, conversava com os animais e espíritos, tornando-a indesejada para sua família e após a morte de seu pai a qual era culpada constantemente pela mãe, foi deixada em uma escola só para meninas, onde adulta se tornara professora.

Mina com crises de sonambulismo, começa a viver em mundos paralelos, o do seu dia a dia e no mundo de seus sonhos com um charmoso cavalheiro, Drácula, que a décadas busca por sua alma gêmea.

A narrativa é deliciosa e fluída, a autora aborda a sensualidade e o erotismo de maneira romântica, onde os encontros de Mina com o Conde, vão revelando a ela sua verdadeira identidade.

Ao contrário do Drácula de Stoker, esse Drácula é amável e apaixonado, sempre gentil e protetor.

A parte mais terrível e assustadora da trama, se passa no hospício do Dr John Seward que junto do Dr Von Helsinger fazem experiências fatais de transfusão de sangue em suas pacientes, levando-as a óbito.

Jonathan Harker, noivo de Mina, em uma viagem à negócios, se torna vítima de um plano do conde para forçar Mina de maneira sutil a fazer sua escolha, mas o destino consegue colocar “quase” um ponto final nessa estória de amor gótico que se arrasta pelo tempo.

A estória é apaixonante, cheia de surpresas e revelações, nela o leitor vive dois momentos ao extremo, o mundo conservador e puritano da época, e o mundo libertino, sensual e erótico do conde…

No final, podemos deduzir que haverá uma possível continuação.

E espero que venha logo…

Envolvente e apaixonante.

Sobre Rê Souza

"As melhores viagens da minha vida eu fiz sem sair do lugar." "Uma paixão chamada livros" Rê

Leia Também

Resenha | Anjos – A Facção Iconoclasta, de Wudson Silva

O livro inicia por narrar os dias que antecederam a investigação sobre a morte de …

Eventos de literatura com autores de Terror, Suspense e Policial são opção Cultural no Mês do Halloween

Autores: Marcos DeBrito, Victor Bonini, Rodrigo de Oliveira, Marcus Barcelos Teremos lançamentos de livro, debates, …