Início / Literatura / Resenhas de Livros / Resenha | Fale!, de Laurie Halse Anderson

Resenha | Fale!, de Laurie Halse Anderson

CAPALivro: Fale
Autor(a): Laurie Halse Anderson
Editora: Valentina

“Fale sobre você… Queremos saber o que tem a dizer.” Desde o primeiro momento, quando começou a estudar no colégio Merryweather, Melinda sabia que isso não passava de uma mentira deslavada, uma típica farsa encenada para os calouros. Os poucos amigos que tinha, ela perdeu ou vai perder, acabou isolada e jogada para escanteio. O que não é de admirar, afinal, a garota ligou para a polícia, destruiu a tradicional festinha que os veteranos promovem para comemorar a chegada das férias e, de quebra, mandou vários colegas para a cadeia.

E agora ninguém mais quer saber dela, nem ao menos lhe dirigem a palavra – insultos e deboches, sim – ou lhe dedicam alguns minutos de atenção, com duvidosas exceções. Com o passar dos dias, Melinda vai murchando como uma planta sem água e emudece. Está tão só e tão fragilizada que não tem mais forças para reagir.

Finalmente encontra abrigo nas aulas de arte, e será por meio de seu projeto artístico que tentará retomar a vida e enfrentar seus demônios: o que, de fato, ocorreu naquela maldita festa?

Resenha

Melinda tinha 13 anos, estava em suas férias de verão e prestes a ir para o primeiro ano do Ensino Médio. Era uma menina popular, sempre acompanhada das suas amigas, aquelas que tinham crescido junto com ela. Por isso, quando sua melhor amiga de infância a chama para uma festa, Melinda sabe que não pode recusar, pois a noite tem tudo para ser inesquecível. E foi…

Agora Melinda já está no primeiro ano. Mas, diferente do que pensava, está sozinha. Seus amigos a abandonaram, não há mais ninguém para falar. Ninguém para contar…

Aquela menina popular agora era odiada por seus amigos, era reprimida. Seus pais não paravam em casa e nunca, nunca prestavam atenção na filha. Por isso, Melinda preferiu se calar. Preferiu guardar para si aquele momento, aquela dor.

É mais fácil não dizer nada. Fechar a matraca, passar o zíper, calar o bico. Toda aquela babaquice que você escuta na TV sobre se comunicar e expressar o que você sente não passa de uma mentira. Ninguém quer realmente ouvir o que você tem a dizer.” Pág. 22

Na escola, o seu refúgio foram as aulas de artes, era onde ela podia, ou tentava, se expressar. Tinha arranjado até um colega. Mas até suas aulas estavam sendo comprometidas, pois o “MONSTRO” estava sempre presente na escola e estava cada vez mais presente na sua vida.

Fale! é um livro intenso, controverso, mas com pitadas de humor. Porém, é um livro que nos leva a reflexão. Quantas Melindas não estão por ai sendo retraídas e com medo de falar? Ou pior: quantas pessoas realmente querem saber o que ela tem para falar?

Outra coisa que nos leva a reflexão nesse livro, é sobre a maldade dos jovens do ensino médio, sobre a prática de bullying àqueles alunos que já são retraídos. Piorando ainda mais a sua situação.

Ao ler o livro, fica claro o que aconteceu a Melinda e o porque do medo de falar. Tiveram alguns momentos em que tive que parar de ler para tomar um ar, pois é bem complicado ler e saber que isso realmente existe.

Fale! já foi distribuído em centenas de escolas nos Estados Unidos, a autora, Laurie Halse já recebeu milhares de e-mail de pessoas se identificando com Melinda e dizendo: Eu sou a Melinda da minha escola. Eu preciso falar! E esse livro realmente precisa ser passado nas escolas, precisa ser distribuído. As pessoas têm que saber que elas precisam falar!

Em 2008, Fale! virou filme. Em O silêncio de Melinda, conhecemos um pouco mais sobre sua história. É uma boa dica para quem se interessa em ler e assistir o filme depois.

Trailer de O Silêncio de Melinda

Sobre Alyne Ramos

Olá, sou Alyne Ramos. Tenho 20 anos e estudo Jornalismo. Sou estagiária de uma empresa de criação e comunicação. Sou apaixonada por livros! Por todos, mas principalmente por romances.

Leia Também

Resenha | Não Fale Com Estranhos, de Harlan Coben

O estranho aparece do nada e, com poucas palavras, destrói o mundo de Adam Price. …

Resenha | Marvel: Guerra Civil, de Stuart Moore

A épica história que provoca a separação do Universo Marvel. Homem de Ferro e Capitão …