Início / Literatura / Resenhas de Livros / Resenha | Fragmentada, de Teri Terry

Resenha | Fragmentada, de Teri Terry

FragmentadaKyla não deveria se lembrar de nada quando foi reiniciada. Mas segredos do seu passado atormentam sua mente. Presa em uma luta contra a opressão dos lordeiros, e ansiando por liberdade, Kyla vê seu passado e presente colidir de uma forma que ameaça sua vida. Enquanto sua busca desesperada por Ben continua, em quem ela poderá confiar em um mundo repleto de segredos e mentiras? 

Resenha

Depois do que houve com Kyla na floresta no final do primeiro livro – Reiniciados – em Fragmentada ela começa a se lembrar de acontecimentos que viveu antes de ser reiniciada. A violência que foi capaz de cometer para se defender e a inatividade do seu NIVO, que ao menor sinal de violência a teria matado – o que não aconteceu – desencadeia uma avalanche de recordações confusas e muitas dúvidas.

Kyla, busca incessantemente por Ben, que ao ter seu NIVO cortado com sua ajuda, entra em convulsão devido à dor e é levado pelos Lordeiros sem que alguém saiba de seu paradeiro e o que realmente aconteceu com ele.

Nessa sucessão de acontecimentos e descobertas, algumas nada agradáveis, Kyla se depara com seu professor de Biologia causando um certo reconhecimento e desconforto e que mais tarde ela descobre que Nico é muito mais que um professor.

Fragmentada é ação e mistério do início ao fim.

A medida em que Kyla vai recuperando sua memória que foi dividida em duas partes, novos personagens vão aparecendo e dando um toque especial e interessante à narrativa.

Teri Terry além de nos proporcionar uma leitura recheada de mistérios e descobertas, nos deixa tensos com as manipulações que Kyla vai sofrendo ao longo da trama e assim, nesse suspense, ficamos a imaginar do que realmente essa garota doce que conhecemos no início da trilogia, será capaz de fazer diante de acontecimentos brutais.

Kyla se divide entre a opressão e abuso sofrida pelos Lordeiros e o radicalismo que Nico da U.R. Livre impõe sobre ela, envolvendo-a em um jogo perigoso.

Fragmentada é sensacional como o primeiro volume da trilogia, a autora soube novamente como prender o leitor do início ao fim, pois tudo que foi narrado, a meu ver, foi de suma importância para que tudo se encaixasse e nada se perdesse, não deixando ficar com a impressão de algo no ar mal resolvido.

Eu não consegui parar de ler tanto foi o suspense e o mistério, que, a cada página eu queria mais e mais.

Personagens bem construídos, cada qual fazendo com que atrama se tornasse mais interessante, brutal e cheia de suspense e ação.

Narrativa fluída com momentos tensos, principalmente pela luta interna que Kyla travava com si mesma e sua busca cheia de esperanças por Ben.

Instigante. Brutal. Conflitante.

Agora é aguardar com ansiedade o terceiro e último volume da Trilogia para saber o que Teri Terry reservou para nós leitores e para Kyla.

A capa está linda. Páginas amarelas ótimas para leitura, tamanho da fonte excelente.

A editora Farol Literário está de parabéns.

Sobre Rê Souza

"As melhores viagens da minha vida eu fiz sem sair do lugar." "Uma paixão chamada livros" Rê

Leia Também

Resenha | 1+1 – A Matemática do Amor, de Augusto Alvarenga e Vinícius Grossos

“Não lembro muito bem como eu e o Bernardo nos conhecemos. Até onde sei, ele …

Resenha | A Terra Inteira e o Céu Infinito, de Ruth Ozeki

Uma vez, um velho Buda falou: Para o ser-tempo, parado no cume da montanha mais …

  • Anny Soraia

    Que livro é esse? Hahaha
    Li essa maravilha em um dia e amo demais essa trilogia, quero muito ler Despedaçada, o terceiro livro.. Ainda não tive oportunidade, mas espero lê-lo logo 🙂
    Ben <3

    • Oi Anny,

      Hahaha, é ótimo não?

      Essa trilogia está entre minhas favoritas!

      Também louca pra ler Despedaçada.

      Bj

  • Lais Cavalcante

    Eu gostaria de entender os termos usados nessa resenha. Digo, não li a resenha do primeiro, então não entendo quando você fala de NIVO ou Lordeiros. Mas percebi que o livro tem bastante ação e vários mistérios envolvidos, que eu amo <3
    P.S: você pode mandar o link da resenha de Reiniciados? Obrigada (: