Início / Literatura / Resenhas de Livros / Resenha | Interdimensional, de F. P. Trotta

Resenha | Interdimensional, de F. P. Trotta

Depois de escaparem da Ascensão, Amanda, Lina, Stryker, Ripley e Kai são fugitivos procurados pela galáxia, morando escondidos na fortaleza invisível da Belladonna – e a descoberta de como planetas do Tipo 13 ascendem de nível no cosmos tem consequências imediatas entre as relações da nave.

O grupo relutantemente decide então retornar à Terra o mais rápido possível em uma tentativa de prevenir o planeta contra uma iminente vingança de Nitro contra Amanda – mas são surpreendidos ao encontrar apenas destroços onde nosso planeta existia e serem jogados para fora da Belladonna no vácuo do espaço por um grupo desconhecido, que saqueia a nave e os abandona pra morrer.

Protegidos apenas pelos seus trajes espaciais – com uma quantidade limitada de oxigênio racionando cada respiro – o grupo se encontra flutuando na escuridão, consumidos pelo nada e sem uma hipótese ou chance restante nas mangas – quando do meio do infinito de estrelas uma de suas luzes ganha força, como se um planeta estivesse rasgando o céu voando em sua direção.

No entanto, a luz que avançava como um tiro rumo a eles não pertencia a um planeta, e sim à cauda reluzente de uma libélula monstruosa – do tamanho de uma cidade – voando pelo Cosmos não para se alimentar de sua proteína (por mais faminta que estivesse) – mas pelas ordens de seu capitão.

Resenha

Interdimensional é uma Space Opera/Sci Fi/Terror que continua a saga iniciada no volume anterior, Intergaláctica. É uma trama bem curiosa que, assim como o volume anterior, foge bastante dos clichês sobre o tema. Aliás, que tema é esse? Pois bem, nele encontramos viagens intergaláticas e interdimensionais, onde por sua vez encontramos seres e mundos muito estranhos. Inclusive nos é apresentado o conceito de Zona Negra e Zona da Luz, que são dimensões paralelas que coexistem.

Apenas uma pequena barreira dimensional nos separa da maldade incessante, depravação maligna e caos alienígena da Zona Negra. A Zona Negra não é separada, como dois planetas diferentes. A Zona Negra coexiste no mesmo espaço que o nosso universo, no mesmo local, ao mesmo tempo. A Zona Negra não tem regras, senso ou ordem. Agradecemos à Sua Sombra Divina por sua incessante vigilância, protegendo nosso universo de luz e ordem dos horrores e desordem da Zona Negra. Nós idolatramos A Sombra Divina. Que ele reine por muito tempo.

O livro começa com o autor nos apresentando novos personagens e um novo universo. A princípio demorou a cair a minha ficha com a história, não conseguia enxergar a ligação com o anterior, talvez por já ter lido a muito tempo o Intergaláctica. Mas foi uma sensação que passou logo, e a interligação com esse novo universo passou a ficar bem clara e interessante. Com relação a esses novos personagens, tem uma que achei bastante curiosa e me afeiçoei muito, pena que ela “sumiu” da história e aparentemente não deve voltar, o que me deixou bastante decepcionado, mas vida que segue…  🙁

Com relação aos personagens que já conhecíamos, vemos que Amanda, a nossa intrépida líder, não é mais o enfoque central da trama, a trama agora foca nos acontecimentos ao redor dela, na história da guerra Insectóide, sobre a mitologia desse novo universo e seus personagens, e outras coisas mais.

Com relação a capa, ela segue o mesmo projeto do livro anterior, uma bela ilustração representando bem a ideia desse novo universo e o que encontrar no livro. A diagramação é bem simples, utilizando fontes comuns e fáceis de ler. Já a revisão, encontrei alguns erros, mas nada que atrapalhasse a leitura.

É de conhecimento geral através da galáxia, que na maioria, mas não em todo sistema solar que contém vida, que seus planetas tem exatamente em seu lado oposto, impossível de ser visto de sua órbita natural, o que é conhecido como seu pós-vida.

A trama apresentada no faz viajar em conceitos distintos que se interligam… na mesma história encontramos a mitologia de zumbis, insetos inteligentes, universos paralelos, clones e mundos pós-vida!! É uma mistura de Star Wars, Interestelar, Tropas Estelares, Alien e outras sci fi! Ou seja, uma mistura de referências conceituais que acaba por gerar um universo novo, complexo e muito interessante. Se você é fã de uma boa trama de ficção científica, de uma ópera espacial com uma pitada de terror alien, essa é uma excelente leitura.

Depois de escaparem da Ascensão, Amanda, Lina, Stryker, Ripley e Kai são fugitivos procurados pela galáxia, morando escondidos na fortaleza invisível da Belladonna – e a descoberta de como planetas do Tipo 13 ascendem de nível no cosmos tem consequências imediatas entre as relações da nave. O grupo relutantemente decide então retornar à Terra o mais rápido possível em uma tentativa de prevenir o planeta contra uma iminente vingança de Nitro contra Amanda – mas são surpreendidos ao encontrar apenas destroços onde nosso planeta existia e serem jogados para fora da Belladonna no vácuo do espaço por um grupo desconhecido,…

Interdimensional

Capa & Diagramação
Narrativa & Diálogos
Enredo
Personagens
Revisão

Muito Bom!

A trama apresentada no faz viajar em conceitos distintos que se interligam... na mesma história encontramos a mitologia de zumbis, insetos inteligentes, universos paralelos, clones e mundos pós-vida!! É uma mistura de Star Wars, Interestelar, Tropas Estelares, Alien e outras sci fi! Ou seja, uma mistura de referências conceituais que acaba por gerar um universo novo, complexo e muito interessante. Se você é fã de uma boa trama de ficção científica, de uma ópera espacial com uma pitada de terror alien, essa é uma excelente leitura.

Sobre Cleson Cruz

Sou potiguar com muito orgulho, pai e marido. Engenheiro Eletricista e Designer Gráfico de formação. Gosto muito de música e cinema. Sou viciado em séries de tv. E leio muito quadrinhos e livros desde a minha tenra infância.

Leia Também

Resenha | Armamentista, de Joe de Lima

A conspiração era só o começo. Com a sombra da guerra civil pairando sobre Vera …

Eventos de literatura com autores de Terror, Suspense e Policial são opção Cultural no Mês do Halloween

Autores: Marcos DeBrito, Victor Bonini, Rodrigo de Oliveira, Marcus Barcelos Teremos lançamentos de livro, debates, …