Início / Literatura / Resenhas de Livros / Resenha | Noite Eterna, de Claudia Gray

Resenha | Noite Eterna, de Claudia Gray

Há quem diga que o tema Vampiros já caiu no esquecimento, mas tenho que confessar que essas criaturas me tem em total fascínio e de tal forma que não consigo esquecê-los, sempre estou em busca de livros que abordam essas criaturas misteriosas e fantásticas.

Noite Eterna  – Série Evernight, Vol. 01
Claudia Gray
Editora Planeta

Bianca estava em seu primeiro dia de aula. Ia começar a estudar na famosa escola Noite Eterna. Uma escola centenária, freqüentada por alunos de famílias tradicionais… Mas nada disso a empolgava. Sua vontade era fugir, escapar daquele ambiente, voltar para sua pequena cidade, de onde nunca havia saído. É quando Bianca conhece Lucas Ross, um aluno que também parece encontrar dificuldades em adaptar-se ao mundo de Noite Eterna. A conexão entre os dois cresce a cada dia. Entre o amor e a amizade, eles estão cada vez mais próximos… Até onde isso poderia chegar? O que havia naquela escola que incomodava tanto? Entre revelações surpreendentes, grandes reviravoltas e uma trama emocionante, Claudia Gray escreveu um dos livros mais admirados pela nova geração. Você não vai conseguir escapar do universo de Noite Eterna.

Resenha

Noite Eterna é o primeiro livro da Saga Evernight que conta com mais quatro volumes:

  • Caçadora de Estrelas
  • Névoa do tempo
  • Além da Vida
  • Balthazar

A narrativa se desenrola em uma escola centenária de estilo gótico, cujo nome leva o próprio tema da saga – Noite Eterna, que à primeira vista causa certo assombro em uma aluna em seu primeiro dia de aula, Bianca, que devido aos pais irem lecionar nessa renomada escola se vê obrigada a mudar para lá com eles.

A princípio parece ser uma escola para adolescentes, que na verdade alguns não são tão adolescentes assim, temos alunos com mais setecentos anos, e professores, alguns, com mais de mil anos, e assim começa a aventura de Bianca, que deslocada nesse ambiente tenta uma fuga precipitada, conhecendo Lucas, que demonstra a mesma rejeição pela escola,no qual ambos carregam segredos, criando assim um vínculo entre eles, que mais tarde se transforma em paixão.

Pode parecer um livro totalmente voltado para o público adolescente, mas a abordagem da escritora é tão intensa e interessante, que não resisti, (como sempre) e me encantei logo de cara.

Ela consegue fisgar o leitor já nas primeiras páginas que vai seguindo em ritmo de suspense e mistério, para depois aos poucos nos revelando os verdadeiros fatos.

Não é indicado para quem goste de tramas complexas e muito elaboradas, é uma leitura simples mas em nenhum momento chega a ficar desinteressante.

É uma mistura de seres sobrenaturais com mortais, para testar o limite e o controle de cada um.

Leitura leve e descontraída.

– Nota da autora da Série Best-seller do New York Times “The Vampire Diaries”: L.J. Smith:
” Assim que comecei a ler Noite Eterna não consegui parar!
Mal consigo esperar pelo próximo livro.”

Sobre Rê Souza

"As melhores viagens da minha vida eu fiz sem sair do lugar." "Uma paixão chamada livros" Rê

Leia Também

Resenha | Não Fale Com Estranhos, de Harlan Coben

O estranho aparece do nada e, com poucas palavras, destrói o mundo de Adam Price. …

Resenha | Marvel: Guerra Civil, de Stuart Moore

A épica história que provoca a separação do Universo Marvel. Homem de Ferro e Capitão …