Início / Literatura / Resenhas de Livros / Resenha | O Par Perfeito, Livro 3 – Trilogia A Pousada, de Nora Roberts

Resenha | O Par Perfeito, Livro 3 – Trilogia A Pousada, de Nora Roberts

Mesmo sendo conhecido como o mais durão dos irmãos, Ryder Montgomery deixa as mulheres aos seus pés quando coloca seu cinto de ferramentas. Nenhuma delas é imune a seu jeito sexy quando está no trabalho. Sem contar, é claro, Hope Beaumont, a gerente da Pousada BoonsBoro.

Ex-funcionária de um luxuoso hotel em Washington, Hope está acostumada à agitação e ao glamour, porém isso não significa que ela não aprecie os prazeres da cidade pequena. Sua vida está exatamente como ela deseja – exceto pela questão amorosa. Sua única interação com alguém do sexo oposto são as frequentes discussões com Ryder, que sempre lhe dá nos nervos. Ainda assim, qualquer um vê que há uma química inegável entre os dois.

Enquanto o dia a dia na pousada transcorre sem problemas graças aos instintos infalíveis de Hope, algumas pessoas de seu passado estão prestes a lhe fazer uma indesejável – e humilhante – visita. Mas, em vez de se afastar ao descobrir que Hope tem seus defeitos, Ryder só fica mais interessado por ela. Será que pessoas tão diferentes podem formar um par perfeito?

No livro que encerra a trilogia A Pousada, Nora Roberts apresenta Ryder Montgomery, que, ao tentar driblar o amor refugiando-se no trabalho, acabou sendo surpreendido pelo sentimento mais nobre e profundo que já teve.

Resenha

O Par Perfeito é o último livro da série A Pousada. Confesso que fiquei protelando a leitura deste livro e, quando iniciei a leitura fui lendo poucas páginas por dia, não queria que tivesse chegado ao fim essa trilogia que me encantou desde o primeiro livro. Aliás, é quase impossível não se encantar com as histórias fascinantes que Nora Roberts escreve.

Em O par perfeito, a Pousada BoonsBoro já está terminada e correndo a mil maravilhas com a direção da competente gerente Hope, e apesar dos encontros abruptos e faiscantes entre ela e Ryder um dos irmão Montgomery e a nítida antipatia entre os dois, Lizzy, o fantasma da pousada resolve – como sempre – interferir um pouquinho nesse relacionamento conturbado, e acontecimentos e revelações surpreendentes vão acontecendo ao longo da leitura.

Assim que terminei o livro fiquei algum tempo pensando em como resenhar a história de Hope e Ryder e de Lizzy com a sua eterna espera por seu Billy. Difícil definir em palavras o quanto gostei deste livro. Como sempre Nora Roberts surpreendeu…

A narrativa é tão envolvente e a descrição da pousada tão minuciosa, que consegui imaginar cada canto, decoração e ambientes como se eu estivesse lá passando um tempo Junto dos personagens fantásticos que Nora criou com perfeição.

Foi tocante a história de Billy e o final que Nora reservou à encantadora Lizzy foi perfeito. Adorei O par perfeito, que além de uma bela história de amor nos mostra como é possível duas pessoas totalmente diferentes poderem se completar. Mostra que o amor verdadeiro pode romper as barreiras do tempo e como é importante a amizade sincera.

Nora Roberts possui uma escrita fluída e mágica que nos envolve e nos arrasta para dentro de suas histórias já nas primeiras páginas. Dona de uma sensibilidade nata é capaz de captar sentimentos reais das pessoas e transferi-los com maestria para seus personagens e suas histórias.

Com certeza vou ler a trilogia novamente.

Recomendo.

A capa é linda. Páginas amarelas ótimas para leitura, diagramação perfeita.  A trilogia ficou linda na minha estante.

***

Trilogia A Pousada:
03. O Par Perfeito.
Mesmo sendo conhecido como o mais durão dos irmãos, Ryder Montgomery deixa as mulheres aos seus pés quando coloca seu cinto de ferramentas. Nenhuma delas é imune a seu jeito sexy quando está no trabalho. Sem contar, é claro, Hope Beaumont, a gerente da Pousada BoonsBoro. Ex-funcionária de um luxuoso hotel em Washington, Hope está acostumada à agitação e ao glamour, porém isso não significa que ela não aprecie os prazeres da cidade pequena. Sua vida está exatamente como ela deseja – exceto pela questão amorosa. Sua única interação com alguém do sexo oposto são as frequentes discussões com Ryder,…

O Par Perfeito

Nota

Excelente!

Nora Roberts possui uma escrita fluída e mágica que nos envolve e nos arrasta para dentro de suas histórias já nas primeiras páginas. Dona de uma sensibilidade nata é capaz de captar sentimentos reais das pessoas e transferi-los com maestria para seus personagens e suas histórias.

Sobre Rê Souza

"As melhores viagens da minha vida eu fiz sem sair do lugar." "Uma paixão chamada livros" Rê

Leia Também

Resenha | Anjos – A Facção Iconoclasta, de Wudson Silva

O livro inicia por narrar os dias que antecederam a investigação sobre a morte de …

Resenha | O Feiticeiro de Terramar, de Ursula K. Le Guin

Há quem diga que o feiticeiro mais poderoso de todos os tempos é um homem …