Início / Literatura / Resenhas de Livros / Resenha | Outlander – A Viajante do Tempo, de Diana Gabaldon

Resenha | Outlander – A Viajante do Tempo, de Diana Gabaldon

Em 1945, no final da Segunda Guerra Mundial, a enfermeira Claire Randall volta para os braços do marido, com quem desfruta uma segunda lua de mel em Inverness, nas Ilhas Britânicas. Durante a viagem, ela é atraída para um antigo círculo de pedras, no qual testemunha rituais misteriosos. Dias depois, quando resolve retornar ao local, algo inexplicável acontece: de repente se vê no ano de 1743, numa Escócia violenta e dominada por clãs guerreiros.

Tão logo percebe que foi arrastada para o passado por forças que não compreende, Claire precisa enfrentar intrigas e perigos que podem ameaçar a sua vida e partir o seu coração. Ao conhecer Jamie, um jovem guerreiro escocês, sente-se cada vez mais dividida entre a fidelidade ao marido e o desejo. Será ela capaz de resistir a uma paixão arrebatadora e regressar ao presente?

Resenha

Clarie, uma inglesa de 27 anos serviu por anos como enfermeira na II Guerra Mundial. É uma mulher extremamente decidida, muito inteligente e está longe de ser a típica mocinha indefesa. O que mais me agrada na personagem é o fato de que os defeitos dela são muito visíveis, a trazendo pra mais perto de nós. Quando a guerra finalmente chega ao fim, ela e Frank (seu marido) partem para uma segunda lua de mel, reencontrando-se após anos separados. Eles seguem para Inverness, nas terras altas do norte da Escócia…. Chegando lá, a Clarie conhece Jamie. Mal consigo expressar o quanto esse escocês teimoso, corajoso e sincero conseguiu me encantar… Jamie e Clarie se tornam uns dos meus personagens preferidos de todos os livros que já li. Não há como não se divertir e suspirar pela amizade dos dois.

O que realmente me agradou na leitura foi a velocidade com qual a autora resolveu desenrolar a trama. O timming é perfeito. Nada é mal apresentado, os protagonistas conseguem reconhecer e lidar bem todas as sensações que sua relação lhes dá. O relacionamento deles foi se construindo aos poucos e acabou por ser baseado no mais puro amor.

O interessante sobre o livro é a quantidade de sentimentos que você pode experimentar durante a leitura e como a autora consegue com maestria conduzir cada um deles. O leitor não é poupado de detalhes sórdidos que muitas vezes nos causam sofrimento mas que despertam uma enorme curiosidade  acerca dos fatos e tao cuidadosamente amarrado que vemos a historia se desenrolar e ir fazendo sentido aos poucos de uma maneira incrível.

Booktrailer do livro 

Abertura da série de TV

Sobre Vitória Duarte

Leia Também

Resenha | O Par Perfeito, Livro 3 – Trilogia A Pousada, de Nora Roberts

Mesmo sendo conhecido como o mais durão dos irmãos, Ryder Montgomery deixa as mulheres aos …

Resenha | Anjos – A Facção Iconoclasta, de Wudson Silva

O livro inicia por narrar os dias que antecederam a investigação sobre a morte de …

  • Thállyta Silva

    Apesar de ver algumas resenhas negativas sobre o livro tenho vontade de iniciar a leitura da série Outlander, mas fico adiando a leitura pelo tamanho dos livros, rs.
    Gostei de saber mais sobre a Clarie, realmente parece que ela está mais perto da realidade, pelo o que pude entender na resenha.
    Que bom que a velocidade da trama seja perfeita e que tenha muitos detalhes… Isto ajuda a gostarmos do livro.
    Adorei o booktrailer! 🙂

  • Amelia Guedes

    Nossa, fiquei extremamente curiosa e empolgada para conhecer essa história!! Mas 8 livros?? :p
    Confesso que deu uma desanimada aqui…a gente quer acompanhar tantas histórias que quando aparece uma série tão longa assim meio que me desanima!
    Mas parece ser uma história encantadora, veremos se me animo!!

  • Tamires Fernanda

    Minha Nossa, esse livro é simplesmente demais, e a quantidade de paginas? Acho que é ir para o paraíso, eu ainda não tive a oportunidade de lê-lo por causa do meu tempo, mas com certeza vou amar a leitura desse livro. E esse trailer, a curiosidade aumenta mais.

    Abçs 🙂

  • Julielton Souza

    Sempre tive vontade de ler esse livro. Mas tenho um certo medo com toda a trama, não consigo gostar de viagens no tempo, embora adore ficção a viagem no tempo nunca me desceu a garganta, talvez seja preconceito, mas infelizmente não consigo gostar.