Início / Literatura / Resenhas de Livros / Resenha | Paixão e Crime, de João Paulo Balbino

Resenha | Paixão e Crime, de João Paulo Balbino

Paixão e Crime. Duas palavras distintas, porém tão próximas. Não seria surpresa se você conhecesse ao menos uma história envolvendo ambas. Mas qual o elo entre elas? E quais barreiras morais uma pessoa seria capaz de transgredir por uma paixão? Sara – renomada psicóloga – ao manter um caso às escondidas com o namorado de sua paciente, jamais imaginaria que ele seria misteriosamente assassinado, o que a coloca em um dilema: contar o segredo e destruir sua carreira de sucesso, ou ficar em silêncio e despontar como a principal suspeita? Já Helena, serial killer que ganha a vida se prostituindo, descobre que sua última vítima mortal parece estar viva. Mas como?

Protagonistas de um dos trabalhos mais elogiados do escritor João Paulo Balbino, essas são duas das quatro personagens cujas histórias se interligam de forma surpreendente no decorrer de Paixão e Crime, desafiando a capacidade investigativa do leitor. Após sucesso na Amazon com o título Relatos de Paixões & Crimes, a obra recebe agora uma versão impressa, reeditada e ampliada.

Resenha

Paixão e Crime reúne quatro contos, cada conto relata um crime que aparentemente não parecem ter nenhuma relação, mas que acabam se interligando por conta do tema em comum, a paixão motivando crimes. Os contos são relatos de declarações feitas em fitas cassetes guardadas por um ex-policial. Após a morte de seu sogro, um homem fica responsável por destruir seu hobby secreto, mas a curiosidade fala mais alto e ele acaba por querer saber um pouco mais do que tem ali.

Antônio me deu quatro fitas k7 que, conforme ele mesmo havia dito, se complementavam.

Vamos aos contos:

  • Dilema da Morte – Sara é uma psicóloga com problemas de depressão que mantém um relacionamento com o namorado de uma paciente. E esse relacionamento acaba por bagunçar a vida dela.

Sei que meu maior erro foi não agir conforme o juramento que fiz ao receber meu diploma de Psicologia.

  • Misterioso homem em minhas fotos – Anita é uma jovem que contrata um detetive particular para investigar a vida de um homem que conheceu na internet, mas acaba descobrindo que tem uma outra pessoa que a segue por todo lugar.

– O que têm esses três? – perguntei confusa.- São a mesma pessoa, Anita, e acho que esse cara está te seguindo.

  • Helena F. – Prostituta e Serial Killer – Helena é uma prostituta que sente prazer em matar seus clientes, mas que em determinado momento se sente ameaçada pelo “retorno” de uma de suas vítimas.

Meu processo de seleção para futuras mortes era demorado. procurava criar intimidade… Ás vezes levava uma semana para aparecer algum, às vezes demorava meses.

  • Proposta Indecente – Miguel é um pescador/guia turístico que, após uma desilusão, se apaixona por Gloria, uma mulher casada que lhe fez uma proposta: matar o marido dela, para eles poderem ficar juntos e muito ricos.

Tenho uma ideia já há um tempo. Preciso de coragem e ajuda para executá-la. Talvez você possa…

Paixão e Crime possui uma leitura curta e rápida, são relatos pequenos, porém bem detalhados com uma escrita bem fluida. Os casos são muito interessantes, cada um possui um detalhe que te atrai e te faz continuar lendo.

Durante os relatos fiquei com uma certa dúvida, será que essas pessoas foram punidas por seus crimes? Aparentemente são relatos que fazem parte de um inquérito policial, mas existe a sensação de que algo não encaixa… outra coisa curiosa é que os relatos se interligam ao final, isso é algo que, como foi citado no início, a gente fica esperando acontecer, e só após os relatos é que começamos a encaixar as pistas dadas durante a leitura, deixando um final surpreendente e com gosto de “quero mais”.

Com relação ao projeto gráfico, a capa ficou muito bem resolvida, linda por demais. As ilustrações que acompanham cada início de conto ficaram excelentes, transmitem bem a ideia de cada relato. Já as páginas amareladas, as margens, letras e espaçamento em bom tamanho nos trazem uma leitura bem confortável e tranquila. Na revisão encontrei alguns erros, mas que não atrapalham o entendimento da leitura.

É um livro que vale muito a pena para quem curte o gênero policial, gosta de um bom suspense e de uma boa história de crime e paixão!

Paixão e Crime. Duas palavras distintas, porém tão próximas. Não seria surpresa se você conhecesse ao menos uma história envolvendo ambas. Mas qual o elo entre elas? E quais barreiras morais uma pessoa seria capaz de transgredir por uma paixão? Sara – renomada psicóloga – ao manter um caso às escondidas com o namorado de sua paciente, jamais imaginaria que ele seria misteriosamente assassinado, o que a coloca em um dilema: contar o segredo e destruir sua carreira de sucesso, ou ficar em silêncio e despontar como a principal suspeita? Já Helena, serial killer que ganha a vida se prostituindo,…

Paixão e Crime

Capa & Diagramação
Narrativa & Diálogos
Enredo
Personagens
Revisão

Muito Bom!

Paixão e Crime possui uma leitura curta e rápida, são relatos pequenos, porém bem detalhados com uma escrita bem fluida. Os casos são muito interessantes, cada um possui um detalhe que te atrai e te faz continuar lendo. Vale muito a pena para quem curte o gênero policial, gosta de um bom suspense e de uma boa história de crime e paixão!

Sobre Cleson Cruz

Sou potiguar com muito orgulho, pai e marido. Engenheiro Eletricista e Designer Gráfico de formação. Gosto muito de música e cinema. Sou viciado em séries de tv. E leio muito quadrinhos e livros desde a minha tenra infância.

Leia Também

Resenha | Ninfeias Negras, de Michel Bussi

Giverny é uma cidadezinha mundialmente conhecida, que atrai multidões de turistas todos os anos. Afinal, …

Resenha | Anjos – A Facção Iconoclasta, de Wudson Silva

O livro inicia por narrar os dias que antecederam a investigação sobre a morte de …