Início / Promoções / Resenha Premiada [sorteio] | A Batalha dos Mortos, de Rodrigo Oliveira

Resenha Premiada [sorteio] | A Batalha dos Mortos, de Rodrigo Oliveira

O ano é 2018. Pessoas do mundo inteiro prepararam-se para um espetáculo astronômico, mas o evento se transforma num pesadelo. Um dia após a maior aproximação do planeta, um imenso calor sobrevêm e 2/3 de todas as pessoas do mundo transformam-se em zumbis.

Em São José dos Campos, um grupo cria um centro de refugiados para milhares de pessoas… eles reuniram condições de sobrevivência com água, alimentos e criaram uma grande fortaleza. Agora dedicam-se a encontrar outros focos de resistência e ajudar peregrinos do grande apocalipse. Eles não sabem, mas essa pode ser a maior comunidade de vivos na face da terra.

Próximo a eles, uma outra resistência – perversa e potente -, também cresce. Um grande Comando do Exército é tomado por criminosos do presídio de segurança máxima de Taubaté. Eles resistiram aos zumbis, escravizaram outros humanos e, fortemente armados, se tornam uma ameaça letal à comunidade vizinha.

Uma batalha está para acontecer. Um cerco para salvar vidas. E em meio a isso, inúmeras histórias de pessoas vivendo em situações-limite, muito além da sua imaginação.

Resenha

A Batalha dos Mortos é o segundo livro da série As Crônicas dos Mortos. O primeiro livro, O Vale dos Mortos, já foi resenhado por aqui. A primeira parte da série foi surpreendente e fascinante, e eu não esperava menos da sequência, e o autor não nos decepcionou, trouxe uma história ainda mais envolvente.

O mais perturbador era que se tratava de um rosto assustadoramente familiar. Um rosto conhecido, a face outrora bela de uma mulher. Mas, nos olhos brancos e leitosos do ser, Ivan enxergou o Absinto. Não viu nada menos do que o Inferno, porque aquela criatura era personificação do Mal. Um demônio que fora libertado sobre a Terra para esmagar o que havia sobrado da humanidade.

Neste livro temos a apresentação de novos personagens, em especial da misteriosa e impressionante Isabel. Ela viu seu marido transformado em morto-vivo, e teve que tirar a vida dele com suas próprias mãos. Isabel tem uma irmã gêmea chamada Jezebel que, no dia do incidente estava morando com seu pai, que também foi transformado em um zumbi. As duas irmãs ficaram sozinhas, e o pior: distantes. Enquanto uma morava em São Paulo a outra morava em Canela, no Rio Grade do Sul. O detalhe interessante é que as duas possuem incríveis dons especiais, sabe os mutantes de X-Men?

Isabel e Jezebel contra o mundo.

A história começa com Isabel e mais alguns amigos tentando fugir de um quartel cheio de criminosos, aqueles mesmos que aparecem de flash no livro anterior. Neste quartel dominado pelo psicopata Emmanuel e seus capangas, ela comeu o pão que o diabo amassou, mas também reencontrou o amor nos braços do também condenado Canino, que é um criminoso “bonzinho”. Ela resolve fugir para procurar ajuda, e acaba por encontrar nosso grupo de heróis liderados pelo casal Ivan e Estela. A partir daí a história gira em torno da tentativa de resgate dos reféns que ainda permanecem no quartel.

Vemos uma leitura eletrizante do começo ao fim, continuando a premissa do primeiro, o relacionamento entre os sobreviventes e não apenas a luta contra os mortos-vivos, aliás neste livro vemos mais lutas contra os ditos humanos do que contra os zumbis. Até vemos uma certa mudança de personalidade do nosso protagonista principal, o Ivan. A gente percebe que ele vai se tornando um cara mais duro e frio no decorrer da trama. É compreensível, mas devo admitir que não me senti muito confortável com isso.

– Eu tenho sim, meu amor; todos nós temos, e é por isso que situações que nos assombram acontecem. Lá no fundo do coração todas as pessoas possuem um canto escuro, frio, empoeirado, onde ficam guardados todo o ódio, a fúria, o remorso e o descontentamento. E quando essa caixa de Pandora é aberta, alguém sempre sai ferido.

Um momento muito legal foi a explicação, dada por um cientista maluco, do que aconteceu no dia da chegada de absinto que transformou várias pessoas em mortos-vivos. E também a diferença entre os “desalmados” e os “infectados”. O autor vem sendo muito criativo com essas explicações.

Com relação ao design gráfico, a capa possui uma composição de imagens muito bem organizada. A diagramação interna é bem feita, e tem como um toque todo especial algumas páginas negras e as marcas de mãos nas páginas iniciais. Com relação a revisão, verifiquei alguns pequenos erros, mas nada que atrapalhe a leitura, aliás é provável que a maioria nem perceba. E as páginas amareladas e mais grossas dão uma incrível sensação tátil e visual pra gente. Ah, e quem tiver a oportunidade de pegar um marcador do livro vai ver um trabalho muito legal, pois ele é feito de um material que simula a pele humana! Isso mesmo que você leu, não é legal?

A Batalha dos Mortos é uma história eletrizante com muita ação, suspense e violência, que vai te agarrar e não vai mais te soltar até chegar a última e surpreendente página. Então prepare-se, porque virão muito mais zumbis assustadores (em especial uma certa Senhora dos Mortos) nos próximos e emocionantes volumes.

O inferno, naquele momento, sem dúvida explodia em festa. O Anticristo agora caminhava pela Terra. O profano finalmente havia sido desencadeado.

——

Conheça mais da série As Crônicas dos Mortos:

——

O que achou da resenha, se interessou pelo livro? Quer um exemplar? Juntamente com a Faro Editorial, daremos um exemplar e marcadores a um único ganhador. Participem, é só comentar dizendo o que achou da resenha, preencher corretamente o formulário do Rafflecopter abaixo e torcer.

Boa sorte à todos!

Promoção A Batalha dos Mortos

Regras:

  • Ter endereço de entrega no Brasil;
  • O sorteio será realizado utilizando o aplicativo Rafflecopter, basta se logar nele (com o login do facebook ou e-mail) e seguir as etapas da promoção, sendo uma obrigatória e outras não-obrigatórias, mas a realização de todas estas tarefas darão pontos que o permitirão ter mais chances na hora do sorteio. Quanto mais pontos, maior a probabilidade de ser sorteado.
  • Todas as regras serão conferidas;
  • O vencedor terá 05 dias, após a publicação do resultado, para entrar em contato pelo e-mail contato@papirodigital.com requerendo o seu prêmio com os dados pessoais para entrega;
  • Caso o sorteado não entre em contato no prazo determinado outro sorteio será feito;
  • Nós teremos até 40 dias, após a realização do sorteio, para enviar o livro;
  • O site não será responsável por extravio, roubo ou perda ocasionado pelos Correios ou por reenvio em caso de endereço incorreto;

Qualquer dúvida, deixe um comentário nesta postagem ou mande um e-mail para contato@papirodigital.com.

O ano é 2018. Pessoas do mundo inteiro prepararam-se para um espetáculo astronômico, mas o evento se transforma num pesadelo. Um dia após a maior aproximação do planeta, um imenso calor sobrevêm e 2/3 de todas as pessoas do mundo transformam-se em zumbis. Em São José dos Campos, um grupo cria um centro de refugiados para milhares de pessoas… eles reuniram condições de sobrevivência com água, alimentos e criaram uma grande fortaleza. Agora dedicam-se a encontrar outros focos de resistência e ajudar peregrinos do grande apocalipse. Eles não sabem, mas essa pode ser a maior comunidade de vivos na face…

A Batalha dos Mortos

Capa & Diagramação
Narrativa & Diálogos
Enredo
Personagens
Revisão

Excelente!

A Batalha dos Mortos é uma história eletrizante com muita ação, suspense e violência, que vai te agarrar e não vai mais te soltar até chegar a última e surpreendente página. Então prepare-se, porque virão muito mais zumbis assustadores (em especial uma certa Senhora dos Mortos) nos próximos e emocionantes volumes.

Sobre Cleson Cruz

Sou potiguar com muito orgulho, pai e marido. Engenheiro Eletricista e Designer Gráfico de formação. Gosto muito de música e cinema. Sou viciado em séries de tv. E leio muito quadrinhos e livros desde a minha tenra infância.

Leia Também

Resenha | Horror na Colina de Darrington, de Marcus Barcelos

Em 2004, Benjamin Simons deixa o orfanato em que viveu desde a infância para ajudar …

Eventos de literatura com autores de Terror, Suspense e Policial são opção Cultural no Mês do Halloween

Autores: Marcos DeBrito, Victor Bonini, Rodrigo de Oliveira, Marcus Barcelos Teremos lançamentos de livro, debates, …

  • rudynalva

    Cleson!
    Achei interessante um enredo que é passado no Brasil, o autor foi bem territorialista. e é bom demais ver no país retratado nos livros.
    Zumbis são assustadores e uma leitura com esses seres deve ser ótima, ainda mais quando os próprios humanos que restaram estão divididos.
    Gostei do fato de Isabel e a irmã ter poderes, é uma mistura de ficção/fantasia maravilhosa.
    A resenha está perfeita e fiquei super curiosa para apreciar a leitura do livro.
    cheirinhos
    Rudy

    • Olá Rudynalva,

      Achei muito interessante essa entrada da Isabel na história, colocar mais uma pitada de sobrenatural dá a impressão de que a história vai atingir patamares ainda maiores.

      Ah, dá uma lida no Elevador 16, é uma história curta dentro do mesmo universo, inclusive parece que vai virar série de TV.

    • rudynalva

      Cleson!
      Mais tarde vou ler a resenha do Elevador 16, pode deixar.
      Obrigada.
      cheirinhos
      Rudy

  • Ateliê mimo´s da Li

    Nossa parece ser super eletrizante esse livro, com mais zumbis aterrorizantes, uauuu tudo que mais gosto em um livro regado de violência…. Tam ainda um toque de ficção e fantasia, combinação perfeita de sucesso… Desejando.

  • ingridmoitinho

    Ainda não tive a oportunidade de ler um livro sobre zumbis ou nada parecido com esse livro, mas por causa da sua resenha eu me interessei muito. O que mais me chamou atenção foi ele ser nacional que para mim vale muito já que os autores brasileiros são muitos desvalorizados. Só vejo resenhas positivas , to muito curiosa pra ler.

    • Olá Indrid,

      Como sugeri lá em cima, dá uma lida no Elevador 16, é em ebook, de graça, e bem curtinho pra servir como aperitivo.

      Obrigado pelo comentário

  • Willian

    Resenha bem elaborada, abordando o conteúdo de forma simples e inteligente, facilitando o entendimento, despertando o interesse dos leitores

  • Noemi Jaiana de Almeida

    Nossa, adorei a resenha fiquei super curiosa pra ler o livro, e pra ter o marcador de texto também!

  • Noemi

    Nossa, adorei a resenha fiquei super curiosa para ler o livro, e pra ter também o marcador de texto!

  • Luuh Ferreira

    Bom, acho que sou meio suspeita pra falar, pois amo tudo que trata de zumbis…. portanto estou enlouquecida aqui com a sua resenha!!! O livro parece ser muito bacana, principalmente por se passar no Brasil.
    Espero ler em breve
    Abraços

    • Olá Luuh,

      Você já leu o Elevador 16? É em ebook e, além de bem curtinho, é gratuito pra servir como aperitivo.

      Obrigado pelo comentário

  • Pamela Duarte

    Olá,
    Eu já li livros com estórias apocalípticas, porém sem envolver zumbis. Pela resenha, o livro me parece ser bem assustador, e eu sou um tanto quanto medrosa para ler e assistir coisas assim hahah Mas acho que seria um boa experiência, já que sempre tem uma primeira vez, e uma hora ou outra vou querer ler algo do gênero.
    O legal desse livro é que é nacional, e nós estamos acostumados a ver essa temática sendo trabalhada mais fora do Brasil, então ver alguém daqui escrever sobre isso é muito legal 🙂
    Abraços

    • Olá Pamela,

      Não dá tanto medo quanto se pode imaginar, é um drama pós-apocalíptico onde o enredo principal são as pessoas, apesar de ser em meio a zumbis.

      Para ir se acostumando a “angústia” que pode causar um cenário assim, eu indico ler o Elevador 16 que se passa no mesmo universo e é grátis e curtinho.

      Abraço

  • Bruna Costenaro

    Ainda não tive a oportunidade de ler/ter o primeiro livro da série. Zumbis não são as minhas criaturas favoritas, acho que devido aos péssimos filmes a respeito rs!
    Mas quero dar pelo menos uma espiada, quem sabe não mudou de ideia né?

    Miquilis

    • Acho que você vai mudar sim de ideia, o foco não são os zumbis, eles são um pano de fundo para a interação entre os humanos em um mundo pós-apocalíptico.

  • Nardonio

    Me amarro em tramas assim. Fico feliz quando um segundo volume de uma trilogia e/ou série supera seu anterior. Pelo que li nessa resenha, ação, terror e tensão são o que não faltam nesse livro. Outra coisa legal foi o autor trabalhar essa questão da convivência de um grupo que está sob tensão constante. Estou super curioso pra ler esses livros.

    @_Dom_Dom

  • Ana Paula Justen

    Adorei a resenha, adoro livros assim. Fiquei curiosa para lê-lo. hehe

  • rayane m. de oliveira

    o livro “batalha dos mortos” parece ser muuuiito legal. uma batalha eletrizante. de zumbis. ah… nao poderei deixar de ler!

  • Desbravadores

    As mortes parecem ser bem narradas e sou super apaixonada por livros de Zumbis
    Adoro quando o livro é eletrizante, cheio de suspense e com mortes bem sangrentas e super bem narradas.

    M&N | Desbrava(dores) de livros – Participe do nosso top comentarista. São 6 livros para escolher e 2 ganhadores.

    • Olá, eu li tua excelente resenha no Desbravadores também, e já comentei lá.

      Posso te dar uma sugestão? Já que tu tem blog, quando comentar põe o endereço do blog no campo url, aí vai aparecer a opção de escolher um post do teu blog pra compartilhar, é uma opção legal que pus esses dias, olha como fica no meu comentário.

      Abraço

  • Mey

    Sou super ligada em historias de Zumbis e quando li a primeira vez uma resenha sobre o primeiro livro, já fiquei louca para ler. Bom saber que a qualidade da historia não caiu nessa continuação, o que muitas vezes acontece, tanto que tenho dado preferencia a livros unicos. Mas esses com certeza estão em minha lista de desejados. Só as capas, já arrepiam. Bjksss

  • Eu adoro histórias de Zumbis, principalmente as que são bem narradas e deixam as coisas bem eletrizantes. Essa série já tem lugar cativo na minha lista de desejados, as capas são fodas, é impossível não querer ler imediatamente.

  • Lais Cavalcante

    Eu sou completamente apaixonada por histórias pós-apocalípticas e ainda mais com zumbis rs Acredito que esse livro é super a minha cara e já adicionei a minha lista de desejados, com certeza.

  • Anny Soraia

    Uau, como eu nunca havia ouvido falar em O Vale dos Mortos?? Haha parece ser uma história muito boa, e como a dessa Isabel que tem que matar uma pessoa importante de sua família porque ela se tornou um zumbi…
    Gostei muito, vou colocar na minha lista de desejados e tentar ler depois 🙂

  • Eu achei que necessito dos livros desta série, sou uma super fã de zumbis e já tenho o primeiro livro na lista de desejados, e depois de conferir esta resenha fiquei ainda mais curiosa. Acho este assunto fascinante e nada melhor que esta indicação. Estarei na torcida para ganhar o livro!

  • Thayná Quina

    Adoro historias com zumbis e sobre essas coisas de apocalypse, o desafio da humanidade para combater esses monstros e tudo mais sobre lutar pela vida, não só a nossa como a vida do mundo, o livro parece trazer isso ao leitor e deve garantir uma boa aventura 😀
    Já tinha ouvido falar mas nunca pesquisei sobre parece ser bem legal e vou ver se da pra colocar na lista da próxima compra caso eu não ganhar aqui rs.
    Beijos da Thay

  • Douglas Fernandes

    Adoro historias sobre Zumbis, sou fã de The Walking dead, ja li os livros e acompanho a série, só os quadrinhos que nao li, mas algum dia quero ler…
    mas então, interessante ver esse lado sobre zumbis contado por um escritor brasileiro, e vi algumas resenhas que me deixaram bem curiosas em relação ao livro, quero muito esses livros, vou participar do sorteio e torcer, se nao ganhar vou comprar… hahahahahahaa

  • Michael Cruz

    Sou fã de histórias de zumbis! Não e a primeira vez que ouço falar bem desse autor, já tenho O Vale dos Mortos aki comigo, mas ainda não li. Espero gostar bastante.

  • Katia Costa Schwanke

    OI,

    Adquiri o primeiro livro, Vale dos Mortos e chegou agora, ainda nao pude ler, mas ja estou maluca pela sua continuação. ZUmbis e mundo pós apocalipse é de longe meu tipo favorito de leitura e tambem de tv, tanto que TWD é meu seriado favorito.
    Rodrigo foi muito feliz trazendo o contexto do livro para o Brasil.
    Agora estou louca tambem para saber de uma certa Senhora dos Mortos, rsss

  • Nossa não conhecia esse livro até ler a sua resenha, mas gosto de histórias de zumbi e sendo no Brasil estou super com vontade de ler esse livro heeheheheh Gostei muito e sabendo que é uma série vou vê se consigo o primeiro!!! 🙂

  • Sabrina Nunes Finoti

    O livro é bem mais que eu esperava, eu achei que fosse só mais uma versão de TWD, mas pelo jeito é bem melhor. Esses ”poderes especiais” que algumas pessoas tem devem ser muito foda, já li um livro nacional que tinha essa premissa e ficou super bem escrito, imagino ela combinada com zumbis.

  • \o/
    Fiquei muito feliz de ter ganhado 🙂

  • Pingback: Resenha Premiada | A Senhora dos Mortos, de Rodrigo Oliveira - Papiro Digital()