Início / Literatura / Semana Especial: Mergulhe em Neil Gaiman – Odd e os Gigantes do Gelo

Semana Especial: Mergulhe em Neil Gaiman – Odd e os Gigantes do Gelo

Papiro Digital em parceria com a editora Intrínseca traz o especial Mergulhe em Neil Gaiman. Durante a semana de 26/06 à 03/07 irá rolar por aqui e em alguns blogs parceiros postagens referentes ao lançamento de O Oceano no Fim do Caminho. A cada dia um post sobre o autor e suas obras, e um super sorteio relâmpago do livro para o dia 03/07, veja AQUI.

 

A obra do dia é:

Odd e os Gigantes do Gelo

 

SINOPSE:

Em um pequeno vilarejo norueguês castigado por um inverno rigoroso mora Odd, um menino diferente dos demais. Órfão de pai e manco, tratado com indiferença pelos moradores – “Ele sorria até mesmo após o acidente que aleijara sua perna direita”, decide ir para uma cabana de lenhador na floresta para se afastar de tudo. Construída por seu pai, “(…) podia imaginar que aquele pequeno ambiente tinha o cheiro de seu pai, e (ali) ninguém batia nele ou o chamava de aleijado ou de idiota.” Ali, encontra três criaturas com a mais curiosa das histórias para contar, e uma missão muito perigosa para um menino com o estado limitado em que ele se encontrava.


IMPRESSÕES:

Odd e os gigantes do gelo (Odd and frost giants, tradução de Maria Beatriz Branquinho, 128 páginas, Rocco) de Neil Gaiman é um breve conto, mas que tem uma incrível narrativa. Escrito para o Dia Mundial do Livro no Reino Unido, Gaiman desenvolveu a história para contribuir com a data comemorativa, um evento anual instituído para inspirar as crianças a ler, onde autores renomados e suas editoras publicam livros a preços módicos. Seria bastante interessante que em terras tupiniquins houvesse uma política pública do porte britânico, contudo…voltemos a análise. Com uma narrativa divertida, o autor narra a história de Odd, um menino viking, considerado estranho pelos seus próximos, foge de casa, torna-se amigo de um grupo de animais da floresta – uma raposa, um urso e uma águia – que são muito mais do que parecem. Na verdade, as criaturas são os deuses nórdicos Loki, Thor e Odin, respectivamente. Enganados por um astuto e vingativo Gigante do Gelo, eles foram metamorfoseados em animais e exilados de Asgard. Oferecendo sua ajuda, Odd viaja para a terra dos deuses inicia uma jornada incrível a fim de derrotar os Gigantes do Gelo para trazer a paz de volta à Asgard – e, finalmente, dar um fim ao terrível inverno que cobria aquele pequeno vilarejo na Noruega. Para a missão, era necessário um tipo muito especial de menino. Um menino alegre, e irritante, e esperto… Um menino exatamente como Odd.

O protagonista deste a escolha do nome até a caracterização psicológica foi desenvolvido com muito zelo pelo autor. Só para exemplificar temos o jogo de significados com a palavra Odd significava a ponta de uma lâmina e era um nome que trazia sorte. Cabe dizer que o significado que recebe atualmente – uma palavra inglesa que define “esquisito” – se encaixa melhor à visão que as pessoas tinham do menino: estranho, e de má sorte.

A narrativa segue a linha de Stardust – O mistério da estrela, mas com uma temática bem mais infantil, uma prosa mais requintada e um senso de humor incomum. Os detalhes são descritos como fossem pintados a nossa frente. Ainda mais com as belíssimas ilustrações de Brett Helquist, colaborador costumeiro nos livros de Gaiman.

Com mais esse título infanto-juvenil, Gaiman mostra que o quanto é capaz de trazer o fantástico acessível às crianças. Embora moderno em seu argumento, trata a base conceitual de forma respeitosa, afetuosa e humorada. Gaiman consegue abordar de forma mágica a aventura do menino de um rincão esquecido por todos consegue ter uma grande aventura. E para o fim deixa o melhor de tudo, uma sutil moral que reflete a identidade da história, usando os temas a lealdade e a amizade.

O AUTOR Neil Gaiman começou a carreira como jornalista. A amizade com Alan Moore o levou a escrever quadrinhos profissionalmente. Seus primeiros trabalhos, e muitos posteriores, foram feitos em parceria com Dave McKean, amigo de longa data. Seu trabalho mais conhecido mundialmente é a série Sandman, mas o autor tem em seu currículo obras como Violent Cases, Orquídea Negra,Livros da Magia e Stardust. Gaiman também publicou vários romances em prosa, como Deuses Americanos, Belas Maldições, Os Filhos de Anansi e Coraline.

 

 

 
Livro: Odd e os Gigantes de Gelo
Autor: Neil Gaiman
Tradução: Maria Beatriz Branquinho
Páginas:128
Ilustração : Brett Helquist
Editora: Rocco
Ano: 2011
País: Inglaterra

 

 

Onde Comprar: Saraiva

Sobre Cadorno Teles

Leia Também

Revista Conexão Literatura #13

Comemoramos 1 ano de Conexão Literatura. Foram dezenas de autores publicados, sendo com entrevistas, contos …

Resenha | O Quarto Dia, de Sarah Lotz

Em O Quarto Dia, Sarah Lotz conduz o leitor por uma viagem de réveillon que …

  • Adorei!!
    Apesar de ser uma obra voltada para as crianças, esse livro me despertou curiosidade, como eu adoro Lit. Fantástica então esse livro é comigo mesma rsrs
    A história parecer ser super fofa é linda, e ainda vem com o "Moral da História" Adorei!!
    Não li nenhum Título de Neil Gaiman, mas a história desse livro me encantou, assim que tiver a oportunidade com certeza vou lê-lo.

  • Ainda pretendo ler, tudo que o Gaiman escreve parece virar ouro. Recomendo também "Coraline", outra obra considerada infantil, mas que mostra todo o estilo e criatividade de Gaiman que todo mundo adora ^^

  • Pingback: #MergulheEmNeilGaiman |()