Início / Literatura / Poesias / Verbos, por ti

Verbos, por ti

Revelar-me, somente ante teu beijo,

dócil ato que espero, em desespero,
pois meu corpo te aguarda, novamente,
na distância de alguma madrugada,
para tomar-te em meus braços,
linda amante…
sem limites, sem tempo, sem ressalvas.

 

Dominar-te suave, cravando dentes
nessa pele em que já eriçam pêlos,…
e se as mãos sufocam teus movimentos
liberdade te chega por entre orgasmos,…
para fazer de ti, a minha mulher,
loucamente a andar sobre meus rastros.

 

Saciar-te os desejos mais ousados,

batizar novas loucuras com teu nome,
de tua carne jamais sentir-me farto,
aos teus olhos ser rei, teu deus e homem,…
tendo sempre em teu amor
meu horizonte,…
fonte eterna de augusta felicidade.

 

Sobre Cleson Cruz

Sou potiguar com muito orgulho, pai e marido. Engenheiro Eletricista e Designer Gráfico de formação. Gosto muito de música e cinema. Sou viciado em séries de tv. E leio muito quadrinhos e livros desde a minha tenra infância.

Leia Também

Deixa eu te falar 02 – The First Lady of Song

Hoje eu falo sobre a dama da época de ouro do jazz, Ella Fitzgerald. Conto …

Resenha | Marca da Escuridão, de Sylvia Day

“Amaldiçoada por Deus, caçada por demônios, desejada por Caim e Abel… Tudo isso em um …