Início / Resenhas de Quadrinhos

Resenhas de Quadrinhos

Mundo dos quadrinhos.

novembro, 2016

  • 12 novembro

    Resenha | HQ Pétalas

    Pétalas é uma HQ sem palavras, mas com muito a dizer. Pétalas conta a história de uma família de raposas cuja vida é transformada pela chegada de um estranho visitante durante um rigoroso inverno. É um conto fechado que mostra a jornada de três personagens durante um inverno cruel.  Coedição entre Jupati …

  • 8 novembro

    Resenha | HQ Star Wars – Academia Jedi

    O jovem Roan Novachez está ansioso! Agora que terminou a escola primária, tudo o que ele deseja é se juntar aos amigos na Academia de Pilotos. Mas seus planos vão por água abaixo quando ele descobre que foi rejeitado por essa escola e convidado a participar da Academia Jedi. Agora, …

abril, 2016

  • 23 abril

    Resenha | HQ O Perfuraneve

    Considerada uma das melhores HQ’s de ficção científica, a trama de O Perfuraneve se passa na terrível e eterna Era do Gelo, onde a sobrevivência humana parece impossível. Porém, cruzando as infinitas terras devastadas, o último bastião da humanidade segue, imparável, sobre os trilhos: o Perfuraneve. Esse trem fantástico, de …

dezembro, 2015

  • 16 dezembro

    Resenha | HQ Os Poucos & Amaldiçoados #01

    “DIRETO DAS PÁGINAS DO 321: FAST COMICS – MINI-SÉRIE TRAZ RUIVA EM WESTERN PÓS-APOCALÍPTICO CHEIO DE AÇÃO” A história se passa em um mundo onde mais de 90% da água no planeta simplesmente desapareceu da noite para o dia há mais de setenta anos. A humanidade já se acostumou com …

outubro, 2015

  • 25 outubro

    Resenha | HQ Darth Vader e Filho + A Princesinha de Vader

    Star Wars: Darth Vader e Filho  Em uma releitura divertida e encantadora, Darth Vader é um pai como qualquer outro, exceto pelo fato de ser o Senhor Sombrio dos Sith. Com ilustrações de Jeffrey Brown, o livro apresenta as alegrias da paternidade por meio da lente de uma galáxia muito, …

setembro, 2015

  • 14 setembro

    Resenha | HQ Pílulas Azuis

    Frederik Peeters conta sua história ao lado da companheira, Cati, desde os primeiros encontros nas rodas de amigos até a revelação de ela e seu filho (um menino de quatro anos, de um relacionamento anterior) serem soropositivos. Entram em cena todas as emoções contraditórias que o autor tem de aprender …