Início / Arquivos de Tag: Rodrigo de Oliveira

Arquivos de Tag: Rodrigo de Oliveira

outubro, 2016

junho, 2016

  • 1 junho

    Revista Conexão Literatura #12

    Um escritor ativo e batalhador, ao lado de uma excelente editora que o apoia. Essa parceria autor/editora é fundamental para o sucesso. Rodrigo de Oliveira é autor da saga “As Crônicas dos Mortos”, em edições publicadas pela Faro Editorial, tendo como editor o Pedro Almeida, gente fina que se dedica …

março, 2016

  • 19 março

    Resenha Premiada | A Ilha dos Mortos, de Rodrigo de Oliveira

    Muitos anos se passaram desde que a maior colônia de sobreviventes do Apocalipse zumbi se transferiu para Ilhabela. Separada do continente por uma faixa de 1 km de mar atlântico, a ilha surge como um ambiente seguro para as novas gerações, estrategicamente distante das ameaças da Senhora dos Mortos e …

outubro, 2015

  • 3 outubro

    Especial Halloween | Top 5 – Livros de Terror/Horror/Suspense

    Olá pessoal, tudo bem?? O Papiro Digital está participando de um Especial de Halloween organizado pelos blogs Guilda dos Leitores e Pausa para um Livro, em parceria com a Editora Darkside. É claro que não poderíamos ficar de fora de um gênero que amamos. Serão postagens especiais que sairão a cada semana deste mês! E nesta …

maio, 2015

  • 9 maio

    Resenha Premiada | A Senhora dos Mortos, de Rodrigo Oliveira

    Livro III da série mais original sobre Zumbis desde The Walking Dead! “E vi subir da terra outra besta… e falava como dragão.” Apocalipse 13,11 Um ser humano dotado de um dom extraordinário, ao ser contaminado por zumbis, se transforma no Anticristo. Sua memória, dos últimos momentos como humano, está …

fevereiro, 2014

  • 22 fevereiro

    Resenha | Elevador 16, de Rodrigo de Oliveira

    Estamos em 2017. Cientistas descobrem um planeta vermelho em rota de colisão com a Terra. Depois de muito pânico nos quatro cantos do mundo, os astrônomos asseguram que o planeta passaria a uma distância segura e todos ficam tranquilos acreditando que nada iria acontecer… Mas não podiam estar mais enganados.